PORTAL NIPPOBRASIL ONLINE - 19 ANOS
-
Fale conosco: adm@nippo.com.br   
Quinta-feira, 15 de novembro de 2018 - 9h27
DESTAQUES:
  Empregos no Japão

  Busca
 
  Seções NippoBrasil
   Comunidade
   Opinião
   Circuito
   Notícias
   Agenda
   Dekassegui
   Entrevistas
   Especial
-
  Variedades
   Aula de Japonês
   Automóveis
   Artesanato
   Beleza
   Bichos
   Budô
   Comidas do Japão
   Cultura-Tradicional
   Culinária
   Haicai
   História do Japão
   Horóscopo
   Lendas do Japão
   Mangá
   Pesca
   Saúde
   Turismo-Brasil
   Turismo-Japão
-
  Esportes
   Copa do Mundo 2014
   Copa das
 Confederações 2013
-
  Especiais
   Imigração Japonesa
   120 anos de Amizade  Japão-Brasil
   Bomba de Hiroshima
   Japan House
   Festival do Japão 2018
-
 Colunas
   Conversando de RH
   Mensagens
     Roberto Shinyashiki
-
 Veja mais  Classificados
   Econômico
   Empregos no Brasil
   Guia Profissionais
   Imóveis
   Oportunidades
   Ponto de Encontro
-
  Interatividade
   Fale com a Redação
-
  Institucional
   Quem somos


Caderno Bichos

Anticoncepcional: Problema ou solução?

Método contraceptivo possui baixo custo, mas pode prejudicar a saúde do animal
Perigo: falta de informação pode prejudicar a administração dos anticoncepcionais

(Texto: Suzana Sakai/NB | Foto: Divulgação)

Evitar uma cria indesejável é uma das grandes preocupações dos donos de gatas e cadelas. A outra é o bemestar do animal. Ambas entram em conflito quando o assunto são os métodos contraceptivos, em especial o uso de anticoncepcionais.

A classe veterinária é unânime. Para evitar as crias, a melhor saída é a castração. Muitos profissionais nem ao menos se consideram aptos a falar sobre o assunto, por possuírem uma posição totalmente contra a utilização do produto, como é o caso do veterinário Eduardo Makita. “Não entendo muito sobre esse tema, pois sou totalmente contra a utilização de anticoncepcionais. Lá na clínica, nem temos esse medicamento disponível. Sou a favor, sim, da castração, um método muito mais saudável”, explica.

Como Funciona

O anticoncepcional é um método relativamente barato. A aplicação normalmente é realizada de forma injetável e a dose varia de acordo com o tamanho do animal. Uma ampola com 1 ml do medicamento custa em média R$ 3,80.

O produto deve ser aplicado durante o anestro, fase em que a influência hormonal é mais baixa no animal. “Na cadela, é mais fácil de identificar a fase de anestro, mas na gata é mais complicado. As pessoas aplicam o remédio sem saber o período certo, o que pode acabar trazendo mais problemas”, afirma a professora do curso de veterinária da Universidade Metodista de São Paulo, Tânia Parra Fernandes.

A veterinária Daniella Casanova faz um alerta sobre a freqüência na utilização desse medicamento, que pode favorecer o surgimento de doenças como metrites, mastites e piometras. “O recomendado é que as aplicações do anticoncepcional não sejam rotineiras. O ideal é sempre evitar ao máximo a administração desse tipo de medicamento”, diz a especialista.

 
Prós e contras

De acordo com os veterinários entrevistados, o anticoncepcional apresenta mais contras do que prós, já que a utilização do medicamento pode causar doenças malignas, como tumores de mama e infecções uterinas.

As únicas vantagens encontradas nesse método são o baixo custo e a prevenção da gravidez indesejável, consideradas mais vantajosas no antigo cenário da área veterinária, como explica o veterinário Alberto Soiti Yoshida. “Há cerca de uns 15 anos, vários profissionais chegaram a administrar anticoncepcionais para evitar que fêmeas tivessem cria. Os custos para uma cirurgia de castração eram muito altos e poucas pessoas podiam arcar com esse gasto. Com o passar dos anos, vários estudos desenvolvidos sobre esse assunto provaram que o custo-benefício dos anticoncepcionais para animais não é compensatório e, hoje, a cirurgia de castração é muito mais acessível e largamente mais indicada”, explica o especialista.

Entre os efeitos colaterais do medicamento, pode-se destacar as hiperplasias endometriais e mamárias em cadelas e gatas, além de uma descoloração do pêlo.

É importante lembrar que, se por um lado o anticoncepcional aumenta a incidência de tumores nos animais, a castração, por sua vez, diminui a chance de o animal desenvolver câncer de mama e elimina o surgimento de infecções e de tumores uterinos. Por tudo isso, é melhor pensar bem na hora de escolher o método contraceptivo para o seu bichinho de estimação.

 Pets do Leitor
 Arquivo: Pets
• Dia Mundial do Gato: veja como cuidar dos bichanos
• Saiba tudo sobre as vacinas
• Cuidados: Top 5 de verão
• Brincadeira que faz bem
• Esquilo da Mongólia
• Dia de banho!
• Atendimento de emergência
• Na hora da compra
• O melhor hotel para seu amigo
• Mais do que um bom amigo
• Adotar é tudo de bom!
• Alimentação para Aves: Balanceada e variada
• Independentes e bem nutridos
• Cuide bem da refeição do seu cachorro
• Evite as doenças de verão
• Câncer: diagnósticos e tratamento
• Tá nervoso? Vai brincar!
• Atenção com as unhas!
• Medicamento na medida certa
• Jabutis são animais tímidos e dóceis
• Um olhar esbranquiçado
• Calopsitas: Dócil e divertida
• Ferrets: Amistosos e brincalhões
• Animais idosos
• Diabetes?
• “Castrei, e agora?”
• Vermífugo: um importante aliado
• Iguana: Exótica e exigente
• Doenças do homem em animais de estimação
• Terapia comportamental
• Um pássaro do barulho
• “Cadê meu filhotinho?”
• Programa de adoção
• Florais para eles também!
• Um problema sazonal
• Top 5 de escovação
• Filhotes, filhotes, filhotes!
• Um coelho em sua vida
• “Que coceirinha...”
• Doença ou personalidade?
• Um peixe bom de briga
• Anticoncepcional: Problema ou solução?
• Meu pintinho amarelinho
• Cachorro Bem-Educado
• Farmácia Pet
• Adorável roedor
• Um amor de bicho
• Pet moderno

© Copyright 1992 - 2016 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados - www.nippo.com.br

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante.
Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

Sobre o Portal NippoBrasil | Fale com o Nippo