PORTAL NIPPOBRASIL ONLINE - 19 ANOS
-
Fale conosco: adm@nippo.com.br   
Quinta-feira, 15 de novembro de 2018 - 9h30
DESTAQUES:
  Empregos no Japão

  Busca
 
  Seções NippoBrasil
   Comunidade
   Opinião
   Circuito
   Notícias
   Agenda
   Dekassegui
   Entrevistas
   Especial
-
  Variedades
   Aula de Japonês
   Automóveis
   Artesanato
   Beleza
   Bichos
   Budô
   Comidas do Japão
   Cultura-Tradicional
   Culinária
   Haicai
   História do Japão
   Horóscopo
   Lendas do Japão
   Mangá
   Pesca
   Saúde
   Turismo-Brasil
   Turismo-Japão
-
  Esportes
   Copa do Mundo 2014
   Copa das
 Confederações 2013
-
  Especiais
   Imigração Japonesa
   120 anos de Amizade  Japão-Brasil
   Bomba de Hiroshima
   Japan House
   Festival do Japão 2018
-
 Colunas
   Conversando de RH
   Mensagens
     Roberto Shinyashiki
-
 Veja mais  Classificados
   Econômico
   Empregos no Brasil
   Guia Profissionais
   Imóveis
   Oportunidades
   Ponto de Encontro
-
  Interatividade
   Fale com a Redação
-
  Institucional
   Quem somos



Saiba tudo sobre as vacinas

Confira mitos e verdades que envolvem esse recurso
preventivo tão importante para o bem-estar dos animais
 

Filhotes têm o sistema imunológico fraco, o que não favorece banhos em pet shop, nem passeios nas ruas

(Reportagem: Suzana Sakai| Fotos: Divulgação)

As vacinas ainda são a melhor forma de prevenir doenças em animais de estimação. No entanto, a administração desse recurso ainda gera dúvidas em donos de pets. Pensando nisso, nossa reportagem consultou especialistas para esclarecer os mitos e as verdades sobre essa importante aliada.

• Antes da vacina, os filhotes não devem tomar banho.
Mito. O que não pode ocorrer são os banhos em pet shops. “O animal pode tomar banho se necessário, tomando o cuidado de não ter contato com outros cães [em pet shops], já que o filhote ainda não tem a imunidade adequada”, explica o diretor clínico do Hospital Veterinário Pet Care, Marcelo Quinzani.

Por esse mesmo motivo, os filhotes não devem sair à rua. “Eles não devem tomar banhos em pet shop nem sair à rua, para evitar exposição aos contaminantes e a outros animais que possam estar doentes. O recomendável é esperar que o sistema imunológico já esteja com anticorpos produzidos após as vacinas”, complementa a veterinária Estela Yoshida.

• Após a vacina, os animais podem ter febre, por exemplo.
Verdade. Inflamação local e febre são reações normais à vacina. “Esses sintomas acontecem justamente por inocularmos no animal um agente que estimula o sistema imunológico a trabalhar na produção de anticorpos”, destaca Estela.

Os sintomas, entretanto, duram poucas horas. “Filhotes, principalmente, desenvolvem uma reação vacinal mais exuberante, com inflamação local e febre, que deve durar apenas algumas horas, dependendo do animal e da vacina aplicada. Em animais adultos, a inflamação e a febre são menos comuns, porém podem ocorrer”, esclarece Marcelo.

• Vacinar animais doentes detém a progressão da doença.
Mito. Uma vez instalada a doença, a vacina não consegue detê-la, pois o organismo necessita de tempo para a produção de anticorpos. “As vacinas não conseguem curar, matar os agentes causadores das doenças. Pelo contrário, elas contém os agentes de forma atenuada ou morta, para que o organismo crie a defesa contra elas, atuando de forma preventiva”, destaca Estela.

• Animais gestantes devem evitar a vacina.
Verdade. “Em relação às fêmeas gestantes, não recomendo a vacinação, mesmo que seja com vacinas inativadas. Se o animal não foi vacinado antes da gestação, deve-se esperar o parto para vaciná-lo”, explica Marcelo.

 

Diferentes Tipos


Vacina antirrábica é a única igual para cães e gatos

Cães e gatos possuem doenças e consequentemente vacinas específicas. O único medicamento igual para ambos é a vacina antirrábica. Confira as principais vacinas para esses animais.


Para gatos

• V3 – Previne contra rinotraqueíte, a calicivirose e a panleucopenia

• V4 – Previne contra rinotraqueíte, a calicivirose, a panleucopenia e a clamidiose

• V5 – Previne contra rinotraqueíte, a calicivirose, a panleucopenia, a clamidiose e a leucemia

• Antirrábica – Previne contra a raiva


Para cães

• V8 – Previne contra cinomose, parvovirose, hepatite, adenovírus, influenza, coronavírus e leptospirose

• V10 – Previne contra cinomose, parvovirose, hepatite, adenovírus, influenza, coronavírus e leptospirose

• Giárdia – Previne contra giardíase

• Tosse dos canis – Previne contra traqueobronquite

• Antirrábica – Previne contra a raiva

 Pets do Leitor
 Arquivo: Pets
• Dia Mundial do Gato: veja como cuidar dos bichanos
• Saiba tudo sobre as vacinas
• Cuidados: Top 5 de verão
• Brincadeira que faz bem
• Esquilo da Mongólia
• Dia de banho!
• Atendimento de emergência
• Na hora da compra
• O melhor hotel para seu amigo
• Mais do que um bom amigo
• Adotar é tudo de bom!
• Alimentação para Aves: Balanceada e variada
• Independentes e bem nutridos
• Cuide bem da refeição do seu cachorro
• Evite as doenças de verão
• Câncer: diagnósticos e tratamento
• Tá nervoso? Vai brincar!
• Atenção com as unhas!
• Medicamento na medida certa
• Jabutis são animais tímidos e dóceis
• Um olhar esbranquiçado
• Calopsitas: Dócil e divertida
• Ferrets: Amistosos e brincalhões
• Animais idosos
• Diabetes?
• “Castrei, e agora?”
• Vermífugo: um importante aliado
• Iguana: Exótica e exigente
• Doenças do homem em animais de estimação
• Terapia comportamental
• Um pássaro do barulho
• “Cadê meu filhotinho?”
• Programa de adoção
• Florais para eles também!
• Um problema sazonal
• Top 5 de escovação
• Filhotes, filhotes, filhotes!
• Um coelho em sua vida
• “Que coceirinha...”
• Doença ou personalidade?
• Um peixe bom de briga
• Anticoncepcional: Problema ou solução?
• Meu pintinho amarelinho
• Cachorro Bem-Educado
• Farmácia Pet
• Adorável roedor
• Um amor de bicho
• Pet moderno

© Copyright 1992 - 2016 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados - www.nippo.com.br

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante.
Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

Sobre o Portal NippoBrasil | Fale com o Nippo