Portal NippoBrasil - OnLine - 19 anos
Domingo, 05 de dezembro de 2021 - 4h10
  Empregos no Japão

  Busca
 

SEÇÕES
Comunidade
Opinião
Circuito
Notícias
Agenda
Dekassegui
Entrevistas
Especial
-
VARIEDADES
Aula de Japonês
Automóveis
Artesanato
Beleza
Bichos
Budô
Comidas do Japão
Cultura-Tradicional
Culinária
Haicai
História do Japão
Horóscopo
Lendas do Japão
Mangá
Pesca
Saúde
Turismo-Brasil
Turismo-Japão
-
ESPORTES
Copa 2014
-
ESPECIAIS
Imigração
Tratado Amizade
Bomba Hiroshima
Japan House
Festival do Japão
-
COLUNAS
Conversando RH
Mensagens
Shinyashiki
-
CLASSIFICADOS
Econômico
Empregos BR
Guia Profissionais
Imóveis
Oportunidades
Ponto de Encontro
-
INSTITUCIONAL
Redação
Quem somos
-

Síndrome do Coração Partido: quando as emoções
afetam nossa saúde física

Patologia tem sintomas semelhantes aos de um infarto; especialistas alertam para impactos da pandemia em doenças causadas pelo estresse
 

Uma forte dor no peito, falta de ar e cansaço, sintomas importantes que devem motivar a busca por um serviço de emergência. Na sequência, um eletrocardiograma com alterações semelhantes aos de um infarto e, posteriormente, um cateterismo, exame que finalmente irá demonstrar que não há obstrução das vias coronárias (causa mais comum de infartos) e, sim, partes do coração que não conseguem contrair corretamente, gerando fraqueza do coração. Esse é o processo pelo qual passa a maioria dos pacientes com Cardiomiopatia de Takotsubo.

Em grande parte das vezes causada após uma forte emoção, como a perda de um familiar, a enfermidade é conhecida também como "Síndrome do Coração Partido" ou "Cardiomiopatia do estresse". Segundo a cardiologista e coordenadora do serviço de check-up do Hospital Marcelino Champagnat, Aline Moraes, as causas não são ainda bem claras, mas a teoria mais aceita é que a emoção gere uma descarga de catecolaminas (como a adrenalina) em níveis tóxicos, que chegam a fazer vasoespasmo (fechamento) dos vasos coração. Com isso, não chega sangue suficiente para a região do coração afetada, o que compromete a força do batimento cardíaco.

A doença não é comum – estima-se que atinja cerca de 1% dos pacientes que chegam com dor no peito nos serviços de pronto atendimento - e atinge principalmente mulheres, particularmente asiáticas. Daí a origem do nome Takotsubo, uma armadilha para polvos cujo formato se assemelha ao do coração. "Embora não seja uma doença comum, se a fraqueza do coração for muito intensa, pode colocar a vida do paciente em risco por insuficiência cardíaca grave, arritmias, insuficiência respiratória e até acidente vascular encefálico. Mas, felizmente, a grande maioria melhora completamente ao longo de quatro a oito semanas", esclarece a cardiologista.

Efeitos da pandemia

Especialistas vêm alertando sobre os impactos da pandemia na saúde mental e física dos pacientes. O estresse causado pelo receio de contrair uma doença ainda relativamente desconhecida e os efeitos do isolamento social podem desencadear enfermidades como a Síndrome de Takotsubo, hipertensão arterial e, até mesmo, infarto.

Segundo a psicóloga do serviço de check-up do Hospital Marcelino Champagnat, Raquel Pusch, o estresse faz parte da vida de todos nós. O segredo está em administrá-lo, isto é, deixá-lo a nosso favor. "Para lidar com os efeitos emocionais da pandemia, é necessária uma força-tarefa do indivíduo com ele mesmo. É preciso identificar os fatores modificáveis do estresse em busca de melhor qualidade de vida. A má administração desses sentimentos e a falta de visão de uma 'saída' são exemplos de situações que desorganizam a pessoa, criando um campo propício para o aparecimento de doenças cardíacas", comenta.

Buscar manter hábitos alimentares saudáveis, evitar o tabagismo e sedentarismo, continuam sendo dicas fundamentais para uma boa saúde. No atual contexto, atividades que proporcionem maior qualidade de vida e ajudem a controlar o estresse entram na lista de quem pretende cuidar da saúde.

"Também é essencial que a população siga corretamente seus tratamentos de saúde e busque atendimento médico ao menor sintoma cardíaco. Independentemente da patologia, é necessário iniciar um tratamento precoce para evitar agravamentos e riscos de vida", aconselha a cardiologista.

 

Portal NippoBrasil - 29 de setembro de 2020
 Coluna
 Arquivo - Saúde
• Hábitos alimentares
• Câncer de mama e desodorantes
• Perguntas e respostas sobre enxaqueca
• Inseticidas de uso domiciliar
• Aliada do intestino: confira os benefícios da manga para combater a prisão de ventre
• Agrotóxicos e a saúde das pessoas - Parte 2
• Agrotóxicos e a saúde das pessoas - Parte 1
• Reposição hormonal natural
• Tétano e Difteria
• O que é acne?
• Hipotireoidismo
• Propriedades da soja
• Câncer de mama: Previna-se!
• Prevenção do câncer de pele
• O perigo do fumo passivo
• Lavar as mãos
• Alimente-se bem
• O dever de informar da medicina do trabalho
• Cuidados Paliativos, uma atividade multiprofissional
• Vulvovaginites
• Viciados no trabalho
• Acne adulto
• Dor mamária
• Dentes brancos: a estética chegou à boca
• Cirurgia plástica é coisa séria
• Ano novo, vida saudável: cresce interesse por alimentos que fortalecem a imunidade
• Varizes: livre-se delas!
• Avalie o seu grau de estresse
• Ervas medicinais: natural sim, mas com limites
• Síndrome do Coração Partido: quando as emoções afetam nossa saúde física
• Porque controlar o Tabagismo?
• Esclerose múltipla: sintomas diversos podem confundir diagnóstico
• Como evitar o câncer
• Cuidados básicos na manipulação de alimentos
• Viciados no trabalho
• Hábitos alimentares influenciam no desenvolvimento de doenças
• 75% das mulheres sofrem com a TPM


A empresa responsável pela publicação da mídia eletrônica www.nippo.com.br não é detentora de nenhuma agência de turismo e/ou de contratação de decasségui, escolas de línguas/informática, fábricas ou produtos diversos com nomes similares e/ou de outros segmentos.

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante. Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

© Copyright 1992 - 2021 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados